Pai irresponsável

Está rolando na internet uma matéria que fala de um menino com apenas dois anos de idade que é viciado em cigarro. É chocante, caso seja verdade mesmo. A mãe do garoto diz que quando o menino está com vontade de fumar, fica nervoso, o que é normal na maioria dos fumantes; já o pai, orgulha-se pelo vício do filho, que fuma desde os 18 meses. Que absurdo!

Eu fumo desde os 14 anos. Se pudesse voltar no tempo, jamais teria deixado esse maldito vício fazer parte da minha vida. Sei que há possibilidades de parar, mas quando já se é viciado, é mais complicado porque o psicológico altera. Não quero justificar que não vou parar nunca. Confesso que morro de vontade, mas há algo que não sei explicar que não me deixa seguir em frente.

Tenho pena dos adolescentes que começam a fumar achando que estão na moda, pois passei por essa fase e sei como é. Achamos cool ser fumante, mas com o tempo, percebe-se que é ridículo, além do cheiro, estamos prejudicando a própria saúde e de quem não fuma também.

Este mês, dia 31 de maio, é comemorado o Dia Mundial de Combate ao Tabaco. Só quando chegam essas datas é que lembramos do malefício, o Governo faz campanhas, mas que não são suficientes. Essa questão de fumar ou não é muito particular. Cada um pensa de um jeito e, muitas vezes, só vemos o quanto faz mal se tivermos problemas de saúde causados pelo cigarro.

Essa nova lei, que aliás não é mais nova, de que não podemos fumar em lugares fechados e públicos foi uma ótima iniciativa do governo. Mesmo eu sendo fumante, senti diferença positiva nas baladas, nos bares e não me importo se tenho que atravessar o mundo pra fumar. É nesse momento que penso se realmente estou com vontade e acabo desistindo. No trabalho, por exemplo, tenho que descer 13 andares pra fumar na calçada. Há momentos que desisto por preguiça e, por isso, tenho fumado menos.

Voltando ao assunto do bebê de apenas dois anos, penso que no país que mora, na Indonésia, deveria ter alguma lei que punisse os adultos que incentivam o vício a algum menor, principalmente a uma criança, um bebê. Estou completamente chocada com isso.

Anúncios
Published in: on 28/05/2010 at 14:30  Comments (1)  

The URI to TrackBack this entry is: https://glauciaquenia.wordpress.com/2010/05/28/pai-irresponsavel/trackback/

RSS feed for comments on this post.

One CommentDeixe um comentário

  1. Vi essa matéria do guri que fuma tão novinho e quase não sei mais com o que me chocar.

    Confesso pra você que acho muito bonito ver as pessoas fumando (não sei da onde vem isso, de filmes antigos, atrizes famosas, ou o quê!), e só posso imaginar o quanto é difícil parar. Já tive vontade de experimentar, mas acabou passando; espero que, um dia, fique fácil pra você também se livrar.

    🙂


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: